Cirurgias de Face

Lipoestruturação facial

informações aos pacientes

A cirurgia

F.A.M.I, que significa Fresh Autologous Mezenchymal Integration, em português quer dizer Integração das células-tronco Mesenquimais Adultas. Esse é o nome da técnica divulgada na Europa, principalmente Espanha, França e EUA.

Nessa técnica, ao invés de injetar a gordura para preenchimento no rosto, injetam-se apenas o tecido adiposo rico em células-tronco e colágeno. Enquanto o enxerto convencional de gordura precisará ser refeito por causa da reabsorção da gordura pelo organismo, no caso da lipoestruturação não haverá necessidade de nova aplicação, pois elas têm capacidade de regeneração por mais de 2 anos, resultando numa pele muito mais jovem.

A captação e aplicação da gordura é feita com microcânulas e com pequena anestesia local, pode ser feita no consultório na maioria dos casos. “Sua ação devolve à face as formas da juventude, rejuvenescendo a pele de maneira permanente”, explica o cirurgião plástico, Dr. Ricardo Cansanção.

Na face, por exemplo, a lipoestruturação apresenta inúmeras indicações, e pode ser associada à lipoaspiração, para a escultura de uma face redonda, por deposições de gordura nas bochechas, casos de perda do ângulo da mandíbula, tratamento da papada (queixo duplo).
O apagamento dos malares também pode ser projetado com enxerto de gordura para obter-se uma face jovem com formato triangular.

Nos lábios que apresentam movimento muscular bastante intenso, a gordura sofre uma maior reabsorção, apesar da técnica. No entanto, para alcançar um bom resultado podem ser programados mais sessões com intervalo de três meses entre elas para se atingir resultado desejável.

Incisões

Não existem incisões grandes ou cicatrizes, pois o procedimento é realizado com pequenas agulhas e microcânulas.

Tempo de cirurgia

Em média 30 a 45 minutos.

Anestesia

Anestesia local simples ou com sedação.

Internação

Não é necessária, na maioria dos casos.

Pós-operatório

Pode haver inchaço na área tratada que costuma evoluir com melhora até 7 dias. O paciente está liberado para realizar sua atividades normalmente no dia seguinte , dependendo de cada caso, sob orientação do médico.